Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Turquia recebe 2.700 refugiados de conflitos na Síria

ONU oferece ajuda para governo turco, que está preocupado com a situação

Por Da Redação 10 jun 2011, 06h01

Cerca de 2.700 refugiados sírios já se encontram na Turquia desde o começo, nesta sexta-feira, de uma grande ofensiva do Exército da Síria na cidade de Yisr al Shagur, perto da fronteira turca, indicaram fontes da ONU em Ancara.

Segundo o escritório turco do Alto Comissariado para Refugiados da ONU (Acnur), só nas últimas 24 horas chegaram ao sul da Turquia 1.570 sírios fugindo de represálias do Exército. Estes se uniram a outros 1.200 refugiados, entre eles muitas crianças, que haviam chegado em dias e semanas anteriores.

Metin Corabatir, porta-voz do Acnur em Ancara, disse que a ONU está seguindo de perto os eventos e que está preocupada, já que a situação pode piorar. “Estamos prontos para ajudar o governo turco com todos os meios disponíveis, se for requerido”, manifestou Corabatir.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse na noite de quinta-feira em entrevista transmitida pelas emissoras de televisão que os próximos dois dias serão “críticos”, insinuando que a Turquia pode ter de acolher muitos outros sírios.

O acampamento construído para os refugiados sírios na cidade fronteiriça de Yayladagi já estava lotado ontem, pelo que se está preparando a construção de um novo para possíveis novas chegadas.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade