Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turquia proíbe venda de terrenos a estrangeiros em 7 províncias

Ancara, 15 dez (EFE).- A Turquia proibiu a venda de terrenos para estrangeiros em sete províncias, onde a porcentagem de propriedades adquiridas por cidadãos de outros países já ultrapassa o limite de 10% estabelecido pela lei.

De acordo com o jornal turco ‘Vatan’, o ministro do Meio Ambiente e Urbanização da Turquia, Erdogan Bayraktar, confirmou que a venda de propriedades imobiliárias a estrangeiros está proibida em 11 cidades das províncias de Ancara, Batman, Erzincan, Malatya, Usak, Gaziantep e Sirnak.

O ministro acrescentou, em declarações publicadas no jornal, que nos últimos oito anos, 103.604 cidadãos de outros países compraram 96.925 imóveis, que somam um total de 81.684.537 metros quadrados.

Os dados informam que os compradores estrangeiros se interessam principalmente por terrenos da província de Konya, na Anatólia Central, a mais apta à produção de energia solar.

Também há muito interesse nas províncias mediterrâneas de Antalya, Mugla e Aydin, além de Ancara, e em Hatay, na fronteira com a Síria, Istambul e Esmirna.

A lei estipula que, em um terreno declarado urbanizável, a taxa das propriedades de estrangeiros não deve superar 10% da área total. EFE

dt/ms-rsd