Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turquia abandona neste sábado a busca por sobreviventes do terremoto

As operações de busca por sobreviventes ao terremoto que abalou a província turca de Van (leste) domingo passado e que teria deixado, até agora, 582 mortos, vão ser concluídas na noite deste sábado, anunciou o vice-primeiro-ministro turco Besir Atalay, que coordena os trabalhos de resgate.

A última pessoa retirada com vida foi um menino de 12 anos, na sexta-feira em Ercis, a cidade mais afetada, 108 horas depois do tremor de magnitude 7,2.

No total, 231 pessoas foram resgatadas dos escombros, 582 morreram e mais de 2.600 ficaram feridas, confirmou Besir Atalay.

Segundo ele, “os socorristas ainda trabalham nas ruínas de quatro edifícios de Ercis. Mas, esta noite, tudo estará terminado”, disse à imprensa em Van, capital regional.

Os turcos estão celebrando neste sábado, de luto, o 88º aniversário da fundação da República.

Os tradicionais desfiles militares e as festividades foram cancelados, em meio à polêmica nos setores laicos que criticam o governo islamita conservador que usa o pretexto do sismo para não festejar a criação da Turquia moderna, entre as ruínas do Império Otomano.

A tragédia levou a Turquia a aceitar, na quarta-feira, a ajuda oferecida por 12 países, entre eles Israel e Armênia, dois Estados com os quais mantém relações difíceis.

O secretário de Defesa americano, Leon Panetta, ordenou o envio na sexta-feira de um avião militar carregado de ajuda para o país aliado e membro da Otan.