Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Turistas americanas sequestradas no Sinai foram libertadas

Por Da Redação 3 fev 2012, 14h05

Cairo, 3 fev (EFE).- As duas turistas americanas sequestradas nesta sexta-feira no sul da Península do Sinai (leste do Egito) por um grupo de homens armados foram libertadas, segundo informaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior egípcio.

O ministro egípcio de Turismo, Munir Fakhri Abdelnur, tinha dito previamente à Efe que a libertação das duas turistas ia ser em ‘questão de horas’.

O guia que acompanhava as duas mulheres também foi libertado. Os três não apresentavam problemas de saúde e disseram a Abdelnur que foram bem tratados.

O ministro, no entanto, não confirmou se as autoridades egípcias atenderam as reivindicações dos sequestradores, que pretendiam trocar os reféns por companheiros presos por tráfico de ópio.

Os turistas retornavam num micro-ônibus após visitarem o mosteiro de Santa Catarina, no Monte Sinai, um dos principais pontos turísticos do país.

Os sequestradores, que viajavam num veículo 4×4, detiveram o veículo na região de Wadi al Saal e seqüestaram os turistas e o guia.

O Egito vive uma onda de violência desde que há dez dias a Junta Militar decretou o fim do estado de emergência que vigorava no país há 30 anos. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade