Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turbulência em voo entre Miami e Buenos Aires deixa 15 feridos

Objetos dos passageiros, suprimentos e materiais de emergência do avião foram jogados ao chão pela força da agitação que afetou a aeronave

Ao menos 15 pessoas ficaram feridas depois que um voo da Aerolíneas Argentinas que viajava entre Miami e Buenos Aires foi afetado por forte turbulência nesta quinta-feira 18.

Segundo a companhia aérea argentina, ao menos oito pessoas tiveram de ser encaminhadas para o hospital depois do incidente. Ninguém ficou ferido gravemente.

O voo AR1303 saiu do Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, às 9h16 da manhã do horário local e aterrissou em Buenos Aires, Argentina, às 19h28 do mesmo dia, também no horário local, com meia de atraso. A aeronave carregava 192 passageiros.

Fotos postadas pelos passageiros nas redes sociais mostram o corredor do avião coberto de pertences, suprimentos e materiais de emergência do avião, que foram jogados ao chão pela turbulência. Máscaras de oxigênio também foram acionadas.

Em comunicado, a Aerolíneas afirmou que, durante o período do incidente, o avião estava na fase do voo denominada “cruzeiro”, quando se mantém uma velocidade constante. Assim que o comandante percebeu que enfrentaria uma zona de turbulência, comunicou aos passageiros e tomou as devidas providências.

“Na chegada, as equipes de assistência médica realizaram os cuidados de saúde correspondentes e aplicaram os cuidados necessários a cada uma das pessoas afetadas”, afirmou a companhia aérea.

Ainda segundo a Aerolíneas, a turbulência ocorre quando duas massas de ar de diferentes temperaturas ou diferentes velocidades colidem. “Isso pode produzir movimentos bruscos na aeronave de acordo com sua intensidade, mas não compromete de maneira alguma a segurança da aeronave”, diz a nota.