Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tufão Koppu perde força após arrasar Filipinas e deixar 17 mortos

A Agência Meteorológica das Filipinas rebaixou nesta terça-feira a categoria do tufão Koppu para tempestade tropical, depois que o ciclone deixou pelo menos dezessete mortos e mais de 290.000 atingidos no norte do país, onde muitas localidades estão inundadas e incomunicáveis. Os ventos constantes do tufão caíram de 120 km/h ontem para 85 km/h nesta terça, mas a tempestade continua provocando fortes chuvas pelo terceiro dia consecutivo no extremo norte das Filipinas, e muitas áreas seguem em risco.

Pelo menos 200.000 tiveram de deixar suas casas e, deste total, em torno de 70.000 estão alojadas em 376 abrigos. “Por volta de 130.000 pessoas estão fora dos abrigos porque muitos preferem ir para casas de parentes”, explicou a porta-voz do Conselho de Desastres, Romina Marasigan. O Conselho de Desastres estima que Koppu danificou parcial e totalmente cerca de 1.700 casas, assim como causou prejuízos de 182 milhões de pesos filipinos (7,8 milhões de reais) à agricultura.

Leia também

Tufão atinge norte das Filipinas

Barco com 173 a bordo naufraga nas Filipinas; mais de 30 morrem

Entre 15 e 20 tufões passam a cada ano nas Filipinas durante a temporada de chuvas, que começa geralmente em junho e termina em novembro. Em novembro de 2013, Haiyan, um dos tufões mais potentes da história, deixou 6.300 mortos, mais de mil desaparecidos e 14 milhões de atingidos nas Filipinas.

(Da redação)