Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tufão força deslocamento de 54 mil pessoas nas Filipinas

Bopha chegou ao sul do país com ventos de 175 km/h e rajadas de até 210 km/h

Por Da Redação 4 dez 2012, 05h20

Pelo menos 54 mil pessoas tiveram de ser alojadas em abrigos disponibilizados pelas autoridades das Filipinas devido à chegada do tufão Bopha ao sul do país, com ventos de 175 e rajadas de até 210 quilômetrso por hora, além de fortes chuvas.

Horas após tocar a terra na parte oriental de Mindanao, o tufão – chamado de Pablo nas Filipinas – tinha ventos sustentados de 160 quilômetrso por hora e avançava em direção noroeste, rumo à ilha de Palawan, segundo o último boletim do serviço meteorológico filipino.

A grande maioria dos evacuados vive nas províncias mais orientais de Mindanao, como Surigao do Norte e do Sul, Agusan do Norte, Lanao do Norte e Misamis Oriental. As aulas foram suspensas na região e cerca de 80 voos precisaram ser cancelados em todo o país. Além disso, a guarda litorânea interrompeu o serviço de embarcações.

Segundo a Defesa Civil filipina, já há quedas de energia em zonas de Surigao do Norte, do Sul e Agusan do Norte, enquanto os habitantes das povoações litorâneas e montanhosas foram advertidos do risco de inundações e deslizamentos de terra. Bopha, que deverá deixar o país pelo Mar da China Meridional na quinta-feira, encerrará a temporada de tufões na região.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade