Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tufão atinge China e força 750 mil a deixarem suas casas

Duas pessoas morreram no sudeste do país, segundo agência estatal

Por Da Redação - 7 out 2013, 10h39

A chegada do tufão Fitow na costa leste da China, nesta segunda-feira, provocou o deslocamento de mais de 750 000 pessoas, que tiveram de abandonar suas casas para fugir da tempestade. Autoridades do país registraram duas mortes até o momento.

Mais de 1 200 casas desabaram no município costeiro de Wenzhou, na província de Zhejiang, sudeste do país, após a chegada de chuvas torrenciais e ventos que alcançaram 200 km/h. O tufão também atingiu o condado costeiro de Cangnan, de acordo com as autoridades, onde foram registrados deslizamentos. Segundo a Xinhua, 574 000 pessoas tiveram que deixar suas casas na província de Zhejiang, e 177 000na província vizinha de Fujian.

Leia também:

Tufão atinge sul da China e causa ao menos 25 mortes

Continua após a publicidade

Diante da chegada do tufão, a circulação dos trens-bala foi suspensa no domingo nas províncias de Zhejiang, Fujian e Jiangxi. Além disso, o aeroporto de Wenzhou cancelou 27 voos. Fitow é o 23º tufão registrado neste ano no oceano Pacífico. Segundo o Centro Nacional Meteorológico da China, o fenômeno deve seguir para a direção noroeste do país antes de perder força.

(Com agência France-Presse)

Publicidade