Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump tira diferença de 7 pontos e alcança Hillary nas pesquisas

A pesquisa mostrou o magnata com o apoio de 39,8% dos prováveis votantes, contra 38,9% favoráveis a Hillary

O candidato republicano a presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, empatou com a rival democrata, Hillary Clinton, eliminando uma diferença substancial registrada nas últimas semanas, de acordo com a última pesquisa nacional Reuters/Ipsos, divulgada nesta sexta-feira.

A pesquisa mostrou 39,8% dos prováveis votantes apoiando Trump, contra 38,9% favoráveis a Hillary, na semana de 26 de agosto a 1° de setembro. De acordo com o recente levantamento, a queda da ex-secretária de Estado zerou a vantagem de 7 pontos que ela tinha sobre o magnata.

LEIA TAMBÉM:
Trump desafia Hillary a publicar seu histórico médico
Melania Trump processa jornal por ‘mentiras’ sobre seu passado

Nas últimas semanas, Hillary enfrentou novas críticas sobre a maneira como lidou com informações confidenciais enquanto comandava o Departamento de Estado. A fundação de caridade da sua família também foi questionada sobre doações que havia recebido quando Hillary estava no governo Obama. Além disso, Hillary não tem feito uma campanha tão ativa quanto a de Trump.

O magnata avançou nas pesquisas com o aumento do apoio republicado, que saltou de 72% para 78% nas últimas duas semanas. Isso ainda é menos do que os 85% de apoio que o candidato republicano Mitt Romney desfrutava em meados de 2012, mas o crescimento ajuda a explicar a ascensão de Trump na pesquisa.

O levantamento Reuters/Ipsos, realizado on-line em todos os cinquenta Estados americanos, ouviu 1.804 prováveis votantes durante uma semana. O intervalo de credibilidade da pesquisa, uma medida de precisão, é de 3%.

Discrepância

Diferentes pesquisas têm produzido resultados amplamente distintos, em parte porque algumas, com a Reuters/Ipsos, têm tentado medir as preferências dos que devem votar, enquanto outras lidam com o universo maior de eleitores registrados – o voto não é obrigatório nos EUA. Mesmo aquelas que pesquisam prováveis votantes apresentam diferentes formas de estimar quem deve comparecer às urnas.

Agregadores de pesquisas, que calculam as médias das principais pesquisas, mostram que a vantagem de Hillary tem encolhido nas últimas semanas. As médias colocam a diferença dela sobre Trump entre 3 e 6 pontos porcentuais. Algumas das mais recentes pesquisas individuais, no entanto, mostram a corrida ainda mais apertada.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Claudio Volcker

    Trump será uma ameaça a paz mundial!

    Curtir

  2. Micky Oliver

    EU JÁ CANTEI ESSA PEDRA! O POVO AMERICANO NÃO É TÃO IMBECIL QUANTO O NOSSO NÃO. CHEGA DE COMUNISTAS POR LÁ! GO TRUMP! A MÍDIA PIRA!

    Curtir

  3. Bruno Lucena

    Trump2016

    Curtir

  4. sebastiao ferreira cantarino

    Deportem todos os imigrantes e seus descendentes e deixem os indígenas em paz!

    Curtir

  5. Eu disse há tempos atrás, ele vai ganhar a eleição, anotem!

    Curtir

  6. Raul Do Real

    Go ahead Trump!!!!

    Curtir

  7. Roberto Ferro

    Trump lá e Bolsonaro aqui…Chorem na rampa comunistas.

    Curtir

  8. Gian Martins

    #Trump2016!!!…

    Curtir

  9. Flavio Feronato

    Trump talvez não seja a ameaça que se propala. Já Hillary, comuna e castrista é um caso a se pensar. É uma Dilma alfabetizada, só isso.

    Curtir