Clique e assine a partir de 9,90/mês

Trump: ‘Nos EUA, Jeb Bush deveria falar em inglês e não em espanhol’

Fluente na língua latina, o pré-candidato Jeb Bush criticou nesta semana o magnata em um discurso em espanhol feito em Miami

Por Da Redação - 3 set 2015, 08h35

O pré-candidato às eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2016, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que seu rival nas primárias republicanas, Jeb Bush, deveria falar em inglês e não em espanhol enquanto estiver em território americano. “Eu gosto de Jeb. É um bom homem. Mas deveria dar exemplo e falar em inglês enquanto estiver nos Estados Unidos”, afirmou Trump em uma entrevista, em referência à fluência de Bush com a língua castelhana, que não hesita em utilizar em seus discursos.

Na terça-feira, Jeb Bush criticou Trump em espanhol em um encontro com estudantes de uma escola presbiteriana situada no coração de Little Havana, um bairro de Miami onde moram muitos cubanos. “Trump me ataca todos os dias com barbaridades. Com coisas que não são certas. Este homem não é conservador. Foi democrata mais tempo que republicano, disse que se sente mais confortável sendo democrata”, declarou Jeb Bush. “Se você não está totalmente de acordo com ele, é xingado de idiota ou estúpido. É isso o que ele faz, fala muito e insulta as pessoas”, completou o filho e irmão de ex-presidentes dos EUA, que também criticou as propostas de Trump de construir um muro na fronteira com o México e deportar os imigrantes ilegais.

Leia também

E-mails revelam que amigo de Hillary lhe deu conselhos sobre política e diplomacia

Continua após a publicidade

Trump cresce e Hillary desacelera em campanha eleitoral americana

Ricky Martin sobre Trump: ‘Só fala barbaridades e mentiras’

Trump se defendeu das acusações de não ter um histórico conservador e de ter se relacionado com os democratas no passado comparando-se com o ex-presidente republicano Ronald Reagan (1981-1989). “Ronald Reagan não era um conservador. Se transformou em um grande conservador. Quando terminar minha presidência, após oito anos, as pessoas dirão que sou um grande conservador, muito melhor do que Jeb jamais teria tido a capacidade de ser”, prometeu Trump.

Donald Trump lidera com ampla margem todas as enquetes sobre as primárias do Partido Republicano e diminui cada vez mais a distância em relação a Hillary Clinton (a favorita para a indicação democrata) em uma hipotética disputa entre os dois pela presidência dos EUA.

Continua após a publicidade

(Da redação)

Publicidade