Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Trump diz que é um ‘gênio muito estável’, em referência a livro

Segundo a obra 'Fire and Fury: Inside the Trump White House', assessores da Casa Branca estavam preocupados com 'lapsos e repetições' do presidente

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 15 jan 2018, 16h35 - Publicado em 6 jan 2018, 15h40

O presidente americano Donald Trump escreveu neste sábado que é um “gênio muito estável” e “realmente inteligente”, depois que um novo livro citou as preocupações dos conselheiros da Casa Branca de que Trump não era apto para a presidência dos Estados Unidos“Na verdade, ao longo da minha vida, minhas duas maiores qualidades foram a estabilidade mental e o fato de ser realmente inteligente”, disse Trump, no Twitter. 

“Eu passei de um homem de negócios muito bem-sucedido para estrela de TV e para presidente dos Estados Unidos (na minha primeira tentativa)”, continuou o presidente. “Eu acho que isso qualificaria alguém não como inteligente, mas gênio… e um gênio muito estável!”

Michael Wolff, autor do livro Fire and Fury: Inside the Trump White House (Fogo e Fúria: Dentro da Casa Branca de Trump, em tradução livre), se reuniu com pelo menos uma dúzia de funcionários da administração e disse que os assessores da Casa Branca estavam preocupados com “lapsos e repetições” de Trump. 

  • Alguns congressistas – principalmente democratas – também expressaram sua preocupação com a saúde mental do presidente. No mês passado, uma professora de psiquiatria da Universidade de Yale, Bandy Lee, informou os legisladores – um republicano e uma dúzia de democratas – sobre o estado mental do presidente e expressou suas preocupações “em termos médicos”, disse ela. “A preocupação era que Trump, no cargo de presidência, representava um perigo para a segurança nacional e internacional”, disse Lee.

    Continua após a publicidade
    Publicidade