Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Trump assina decreto sobre muro na fronteira com o México

O presidente americano afirmou, em entrevista à TV, que a obra começará "em meses"

Por Da redação - Atualizado em 25 jan 2017, 17h52 - Publicado em 25 jan 2017, 17h19

Em cerimônia realizada no Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos, o presidente americano Donald Trump assinou nesta quarta-feira um decreto executivo que destina verbas federais para a construção de um muro na fronteira com o México.

Em entrevista à rede de televisão ABC, Trump afirmou que a obra começará “em meses” e que seu planejamento se dará “imediatamente”. “O mais breve possível, o quão breve possamos fazê-lo fisicamente”, disse.

“Em meses?” pergunta o jornalista. “Diria que em meses, sim. Eu diria que em meses, certamente o planejamento vai começar imediatamente”, ressaltou.

O recém-empossado presidente reiterou que, “em última instância”, o custo do muro será “reembolsado pelo México”, e esse pagamento representará “cem por cento” do custo da construção.

Publicidade

Trump confirmou que o governo americano adiantará o dinheiro necessário para iniciar a construção, mas depois os mexicanos vão restituí-lo.

“Tudo será reembolsado em uma data posterior com qualquer transação que façamos com o México. Só digo que haverá um pagamento, que acontecerá de alguma forma, talvez uma forma complicada. O que estou fazendo é bom para os Estados Unidos, também vai ser bom para o México. Queremos um México muito estável e muito sólido”, declarou.

Perguntado sobre a recusa do presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, de pagar a conta do muro, Trump respondeu que o governante não poderia dizer outra coisa. “Ele tem que dizer isso, tem que dizer isso”, justificou.

Trump anunciou ontem à noite, no Twitter, que hoje tomaria medidas referentes à segurança nacional, incluindo a construção do muro.

Publicidade

(Com EFE)

Publicidade