Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tropas franceses sairão do Mali a partir do fim abril

O presidente francês disse país tem condições de manter controle territorial

O presidente da França, François Hollande, disse que as autoridades do Mali voltarão a ter o controle de todo seu território em breve, depois de mais de dois meses de ocupação por tropas francesas. A declaração foi dada durante o jantar anual do Conselho Representativo das Instituições Judaicas, nesta quarta-feira. Mais cedo, o primeiro-ministro, Jean-Marc Ayrault, disse à Assembleia Nacional que a retirada das tropas começará no fim de abril.

Hollande parabenizou a operação, dizendo que resultados importantes foram alcançados, incluindo a reconquista das principais cidades e o fim do avanço dos grupos islamitas em direção ao sul. Hollande também se mostrou preocupado com os 15 franceses sequestrados na África e disse que tudo deverá ser feito para libertá-los. Na noite desta terça-feira, a Al Qaed no Magrebe Islâmico disse à agência ANI que havia executado Philipe Verdon, que estava sob seu controle desde novembro de 2011. Não há confirmação oficial de sua morte.

A desordem institucional no país começou depois de um golpe de Estado. Terroristas islâmicos ligados à organização terrorista aproveitaram o vácuo no poder para se apossar de cidades do norte do país. Quando começaram a avançar em direção à capital, o presidente interino Dioncounda Traoré pediu socorro à França, que desalojou os islamitas e evitou que eles usassem a região como base de lançamento de ataques terroristas. Atualmente, a coalizão francesa combate os rebeldes nas montanhas de Adrar des Ifoghas, perto da fronteira com a Argélia, onde ficaram encurralados.

O próximo passo para a manutenção da paz para será o envio de tropas formadas por soldados de países africanos e liderados pela ONU.

(Com Agência EFE)