Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tropas da ONU são atacadas por rebeldes

Grupo tentava resgatar 44 soldados da missão de paz da ONU que foram sequestrados na quinta-feira

Tropas da ONU foram atacadas por rebeldes na Síria durante uma ação para resgatar, neste sábado, um grupo de 44 soldados da Força das Nações Unidas de Observação da Separação (Undof, em inglês) nas Colinas de Golã, sequestrado na última quinta-feira.

A Frente Nusra, uma célula da Al-Qaeda na Síria, abriu fogo contra uma das posições da ONU na região. Em nota, a organização afirmou que ainda está trabalhando em um novo plano de resgate e que a ação não registrou mortes, apesar do tiroteio. “Todos os 32 funcionários filipinos da ONU nesta posição já estão a salvos. Há ainda outros 40 funcionários em uma posição diferente, cujos movimentos ainda são restritos”, diz a nota.

Leia também:

Equipe da ONU é retida por rebeldes nas Colinas de Golã

Estado Islâmico vende mulheres yazidis a jihadistas na Síria

responsabilizar a ditadura de Assad