Clique e assine a partir de 9,90/mês

Trinta soldados sírios desertam e recebem asilo no Curdistão iraquiano

Por Louai Beshara - 27 fev 2012, 10h52

Trinta soldados sírios de origem curda desertaram nos últimos dois dias e foram recebidos no Curdistão iraquiano, onde receberam o status de refugiados, anunciou nesta segunda-feira o vice-ministro da Defesa da região autônoma curda iraquiana.

“Nos últimos dois dias, 30 soldados sírios curdos entraram no Curdistão. Todos são membros curdos do Exército sírio. Nós os recebemos por razões humanitárias, estão sob nossa proteção e concedemos o status de refugiados”, declarou à AFP o vice-ministro da Defesa, Anwzar Haji Othman.

Esta é a primeira vez que as autoridades iraquianas informam a entrada em seu território de desertores sírios.

“Não os entregaremos ao governo sírio porque são curdos e temos direito de protegê-los, mas também porque são desertores do Exército sírio. Agora têm o status de refugiados na região do Curdistão iraquiano”, completou o vice-ministro.

Continua após a publicidade

Os sírios votaram no domingo em um referendo sobre uma nova Constituição, boicotado pela oposição, no momento em que o regime acentua a violenta repressão das revoltas em várias cidades.

Publicidade