Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Três novos corpos são encontrados no Costa Concordia

Por Filippo Monteforte 22 mar 2012, 15h43

Mais três corpos foram encontrados na parte submersa do navio de cruzeiro Costa Concordia, que naufragou na pequena ilha italiana de Giglio (Toscana) no dia 13 de janeiro, anunciou nesta quinta-feira o chefe da Defesa Civil italiana Franco Gabrielli à imprensa.

O naufrágio deixou 32 mortos, sendo que 28 corpos foram encontrados, incluindo os três desta quinta-feira.

No dia 13 de janeiro, o Costa Concordia, que transportava 4.229 pessoas, sendo 3.200 turistas de 60 nacionalidades diferentes e um mil membros da tripulação, chocou-se com um rochedo perto da ilha de Giglio, situada no arquipélago protegido da Toscana.

Vários grupos de náufragos foram criados e as queixas foram apresentadas em Itália, França e Estados Unidos contra a Costa Crociere, empresa proprietária do Concordia.

Nos Estados Unidos, 39 passageiros entraram com uma ação contra a linha de cruzeiro Carnival, e exigiram 520 milhões de dólares em indenizações.

Além de Francesco Schettino, o comandante do Costa Concordia, e de seu segundo comandante, Ciro Ambrosio, sete outros funcionários da empresa Costa Crociere são acusados pela justiça italiana neste caso.

Essas nove pessoas são acusadas de homicídio por negligência, naufrágio e falta de comunicação às autoridades marítimas. O capitão é acusado ainda de abandonar o seu navio, enquanto a evacuação de passageiros estava em andamento.

Continua após a publicidade

Publicidade