Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Três militantes anti-Otan podem ser indiciados por terrorismo

Três militantes suspeitos de planejar o lançamento de coquetéis molotov em protestos contra a reunião da Otan que acontecerá domingo e segunda-feira em Chicago podem ser acusados de terrorismo.

Os três homens integram um grupo de nove pessoas detidas na quarta-feira em suas casas pela polícia de Chicago, segundo a National Lawyers Guild (NLG, Ordem Nacional de Advogados).

“É o que a polícia faz: acusações que impressionam e revistas de casas para tentar intimidar as pessoas e dissuadi-las de manifestar”, afirmou à AFP a advogada Sarah Gelsomino, integrante do NLG.

Segundo o jornal Chicago Sun-Times, que cita a polícia, os três detidos foram indiciados por posse de explosivos, complô terrorista e assistência ao terrorismo.