Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Três manifestantes mortos a tiros em Sanaa

Por Mohammed Huwais 21 set 2011, 10h57

Três manifestantes foram mortos a tiros nesta quarta-feira em Sanaa, que voltou a ser cenário de confrontos violentos, em uma violação ao cessar-fogo anunciado na véspera por partidários e adversários do presidente Ali Abdullah Saleh, informaram fontes médicas.

Três civis morreram no centro de Sanaa e os corpos foram levados para o hospital de campanha na Praça da Mudança, epicentro dos protestos.

Quinze feridos também foram levados para o hospital de campanha.

Depois de um relativo período de calma durante a madrugada, a violência explodiu de manhã na capital iemenita.

Bombas caíram na Praça da Mudança e na sede do comando das forças do general dissidente Ali Mohsen al-Ahmar, que se uniu aos protestos.

Além disso, milhares de motoristas estavam bloqueados nas estradas que levam a Sanaa, já que os acessos à capital estão fechados desde terça-feira.

Continua após a publicidade
Publicidade