Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Tradicional Hotel Lambert pega fogo em Paris

Palacete do século XVII pertence desde 2007 a familiares do emir do Catar

Por Da Redação 10 jul 2013, 05h41

Um incêndio atingiu na madrugada desta quarta-feira o palacete do século XVII onde fica localizado o tradicional Hotel Lambert, no centro de Paris. Mais de uma centena de bombeiros tenta controlar o fogo no prédio, de propriedade da família do emir do Catar e que atualmente passava por reformas.

O fogo no Hotel Lambert, projetado pelo arquiteto Louis le Vau e situado em um extremo da ilha Saint Louis, na capital francesa, começou por volta da 1 hora local (20 horas de terça-feira em Brasília). Após sete horas, ainda era notado por uma espessa coluna de fumaça. As chamas, segundo um responsável, começaram no telhado e ameaçam os edifícios ao redor por causa da presença de bujões de gás.

Por conta do incêndio, vários imóveis dos arredores desta área nobre de Paris foram isolados. O palacete, catalogado como um edifício histórico, foi adquirido em 2007 por 60 milhões de euros por parentes do emir do Catar. Por causa das intensas reformas de elementos arquitetônicos, os proprietários receberam recentemente muitas criticas de moradores e da imprensa local.

Após a rejeição pública das reformas, o governo francês proibiu os atuais donos do hotal de realizar algumas modificações no projeto inicial, como um elevador para carros. Em sua lista histórica de hóspedes célebres, o Hotel Lambert possui o escritor e filósofo francês Voltaire e o compositor polonês Frederic Chopin.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade