Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Trabalhadores presos morrem após explosão de túnel no Japão

Por Da Redação - 27 maio 2012, 01h22

Tóquio, 27 mai (EFE).- Os bombeiros de Niigata (centro do Japão) recuperaram neste domingo os corpos de quatro operários japoneses que trabalhavam na construção de um túnel de montanha e ficaram presos em seu interior na quinta-feira passada, após acontecer uma explosão.

Após quatro dias de operações de resgate, realizadas pela Polícia e bombeiros entre os escombros do túnel, finalmente neste domingo os quatro trabalhadores que estavam a cerca de 1,2 quilômetro da entrada do túnel no momento da explosão foram encontrados, detalhou a agência ‘Kyodo’.

Os bombeiros acharam os corpos depois que o resgate se complicou devido à detecção de grande quantidade de gás inflamável no interior do túnel, escavado em uma montanha de Minamiuonuma, a quase 200 quilômetros a noroeste de Tóquio.

A Polícia inspecionou o escritório central e outras duas sedes da construtora responsável pelo túnel na busca de indícios de possível negligência profissional por parte da companhia, acrescentou ‘Kyodo’.

Publicidade

No momento no qual aconteceu a explosão, estavam no interior do túnel sete trabalhadores, três dos quais foram hospitalizados, que, segundo a companhia, preparavam o reatamento das obras paradas durante o inverno.

Após encontrar o gás inflamável no interior da montanha o Ministério de Infraestrutura japonês estuda agora modificar a trajetória do túnel já que, segundo os especialistas, o gás deve provir de uma camada próxima às obras que teria se infiltrado e acumulado dentro do túnel durante seu fechamento no inverno. EFE

Publicidade