Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tiroteio em centro do Walmart deixa dois mortos na Califórnia

Atirador abriu fogo com arma semi-automática, matou um funcionário da rede de lojas e feriu quatro pessoas antes de ser morto pela polícia

Por Reuters - 28 Jun 2020, 10h31

Um ataque a tiros em um centro de distribuição do Walmart em Red Bluff, no estado americano da Califórnia, deixou duas pessoas mortas, incluindo o atirador, e feriu outras quatro neste sábado, 27.

O tiroteio ocorreu por volta das 15h30, no horário local. De acordo com a polícia, o atirador deu quatro voltas pelo estacionamento antes de bater seu carro contra o prédio e abrir fogo com um rifle semi-automático. Ele matou um funcionário da loja, Martin Haro-Lozano, de 45 anos, até ser baleado e morto por policiais.

Os feridos foram levados ao Hospital Comunitário de St. Elizabeth, em Red Bluff, cidade com cerca de 14.000 habitantes localizada a cerca de 210 quilômetros ao norte de Sacramento, Califórnia.

O Walmart afirmou que estava ciente da situação e colabora com as autoridades policiais. “Estamos profundamente tristes com este trágico incidente”, disse a empresa em comunicado. “Esta é uma investigação policial ativa e continuaremos a trabalhar com o escritório do xerife do condado de Tehama e a ajudar na investigação de todas as formas possíveis”, acrescentou.

Continua após a publicidade

O Gabinete do Xerife do Condado de Tehama investigando o caso com assistência do Departamento de Justiça e do Federal Bureau of Investigation (FBI).

Publicidade