Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Time dos neonazistas’ pode ser expulso de liga de futebol alemã

De acordo com o serviço de inteligência da Alemanha, 15 dos 18 jogadores do Ostelbien são ultradireitistas

Uma liga regional de futebol na Alemanha quer expulsar do campeonato um clube indesejado. Diversos times adversários, além de 59 dos 65 árbitros da liga, se recusam a entrar em campo com o FC Ostelbien Dornburg. O clube é conhecido como o time dos neonazistas alemães.

De acordo com o serviço de inteligência da Alemanha, 15 dos 18 jogadores do Ostelbien são ultradireitistas, reportou o site da revista alemã Der Spiegel. “Há dez anos detectamos a presença da extrema direita no clube”, disse recentemente Jochen Hollmann, presidente do serviço de inteligência regional alemão. A imprensa local afirma que nove jogadores admitem ser extremistas e pertencem a alguma organização neonazista.

Leia também:

Rússia: musa da torcida perde título após descoberta de que a moça é neonazista

Tabloide publica foto de rainha Elizabeth II fazendo saudação nazista em 1933

O time coleciona denúncias de agressões de seus jogadores e torcedores contra árbitros e adversários em partidas realizadas no estádio do clube, na pequena cidade de Gommern, a cerca de 240 km de Berlim, no Estado da Saxônia-Anhalt, nordeste da Alemanha. Além de agressões verbais, os ataques incluem faltas violentas e brigas em campo. O clube é acusado de permitir as agressões e a presença de neonazistas na equipe. A diretoria do Ostelbien Dornburg também pode ser punida sob acusação de “proximidade” com grupos de extrema direita.

Nos próximos dias, a associação de futebol do Estado de Saxônia-Anhalt vai decidir se o time FC Ostelbien Dornburg permanece ou é banido da liga regional. Um porta-voz do conselho do clube declarou que o Ostelbien Dornburg pretende tomar medidas legais se for expulso da associação. “Consideramos a expulsão injustificada e irracional. Se isso acontecer, vamos recorrer”, disse.

(Da redação)