Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ataque a centro de formação da polícia mata dezenas no Paquistão

Terroristas invadiram o local carregando armas e explosivos; ação chegou ao fim com a morte dos insurgentes pelas forças de segurança

Por Da redação - Atualizado em 25 out 2016, 00h48 - Publicado em 24 out 2016, 22h08

Pelo menos 44 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas em um ataque nesta segunda-feira a um centro de formação da polícia perto da cidade de Quetta, no sudoeste do Paquistão, informaram autoridades do país.

O ataque teria sido perpetrado por ao menos três insurgentes que invadiram o local carregando explosivos e armas e abriram fogo contra os recrutas. As forças de segurança paquistanesas enfrentaram os terroristas em uma operação que durou horas e terminou com a morte dos agressores.

Segundo Sarfaraz Bugti, ministro do Interior da província, dois terroristas morreram ao detonar os seus explosivos e outro foi morto pelas tropas.

O ataque foi contra o Colégio da Polícia do Baluchistão, situado 20 quilômetros ao sul de Quetta, onde vivem cerca de 500 recrutas. Os terroristas fizeram centenas de reféns, e disparos foram ouvidos horas mais tarde.

Autoria

Nenhum grupo reivindicou até agora o ataque, mas sabe-se que os separatistas atuam há vários anos no Baluchistão, província sacudida por conflitos frequentes e atos de violência cometidos por extremistas islâmicos.

(Com agências EFE e AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade