Clique e assine a partir de 9,90/mês

Terremoto de magnitude de 6,8 graus mata criança de 6 anos nas Filipinas

A menina, que vivia em Matanao, na província de Davao do Sul, foi vítima de um desabamento

Por EFE - 15 dez 2019, 08h57

Uma menina de 6 anos morreu neste domingo, 15, após o terremoto de magnitude 6,8 graus na escala Richter que atingiu a ilha de Mindanao, no sul das Filipinas.

A menina, que vivia em Matanao, na província de Davao do Sul, foi vítima de um desabamento. “Ela não conseguiu sair de sua casa, que desabou devido ao sismo”, disse o governo do país em comunicado.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que acompanha a atividade sísmica em todo o mundo, informou que o terremoto foi seguido de duas réplicas, uma de magnitude 5 e outro de 5,7.

Vários vídeos postados nas redes sociais mostram prédios de todo o país balançando por causa do tremor.

Continua após a publicidade

Sebastián Duterte, filho do presidente do país, Rodrigo Duterte, e prefeito de Davao, a maior cidade da ilha, decidiu fechar as escolas amanhã para realizar uma verificação dos danos causados pelo terremoto.

As Filipinas estão sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma região que reúne cerca de 90% da atividade sísmica e vulcânica do mundo. Cerca de 7 mil tremores serão registrados na área por ano.

Publicidade