Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tempestades e tornados no feriadão de Natal matam mais de 40 nos EUA

As tempestades que atingiram o sul, sudoeste e centro-oeste dos Estados Unidos durante o feriado prolongado do Natal causaram inundações e tornados que mataram pelo menos 43 pessoas, além de derrubarem prédios e afetarem o transporte num período muito movimentado do ano. O mau tempo e a ameaça de tempestades levaram os governadores dos Estados do Missouri e Novo México a declararem estado de emergência. As cheias repentinas mataram pelo menos treze pessoas no Missouri e Illinois.

Ainda no Missouri, as equipes de emergência removeram moradores de suas casas e realizaram dezenas de resgates em áreas alagadas, disse o governador Jay Nixon neste domingo. Nixon declarou estado de emergência, já prevendo que as chuvas contínuas iriam piorar a situação em locais alagados, provocando o fechamento de muitas rodovias e estradas regionais.

Leia também

Tornados e enchentes deixam 11 mortos em Dallas

Inundações deixam centenas de desabrigados na Inglaterra

Entre as dezenas de mortes, o acidente que vitimou uma família inteira provocou comoção nos EUA. Três adultos e duas crianças, todos da mesma família, estavam perto do vilarejo de Patoka, Illinois, quando seu carro foi arrastado por uma enchente no sábado à noite. O veículo foi coberto por água e lama; todos os ocupantes morreram afogados.

No Texas, pelo menos onze pessoas morreram na área de Dallas no fim de semana por causa de tornados, incluindo um com ventos de 322 quilômetros por hora. O fenômeno atingiu a cidade de Garland, matando oito pessoas e jogando veículos para fora das estradas. “É devastação total”, disse o porta-voz da polícia de Garland, tenente Pedro Barineau. “É muito difícil ser atingido por uma tempestade horrível um dia depois do Natal”, lamentou.

Três outras mortes foram relatadas na área metropolitana de Dallas. Dezenas de pessoas ficaram feridas na região e as autoridades estimam que cerca de 800 casas foram total ou parcialmente danificadas. Furacões poderosos são um fenômeno comum na primavera e verão em Estados centrais do país, mas ocorrem com menos frequência no inverno, de acordo com dados de climatologistas dos EUA.

(Da redação)