Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tempestade Ciara causa apagões e cancelamento de voos na Europa

Duas pessoas estão feridas em estado grave na Alemanha; sistema de trens estão prejudicados no Reino Unido

Por Da Redação - Atualizado em 10 fev 2020, 12h56 - Publicado em 10 fev 2020, 12h16

Com ventos de até 150 km/h, a tempestade Ciara atingiu o noroeste da Europa e provocou o cancelamento de centenas de voos na noite de domingo 9. Milhares de casas ficaram sem energia, e partidas de futebol foram adiadas. As chuvas deixaram ao menos três feridos em estado grave na Alemanha.

As companhias aéreas British Airways e a Virgin Atlantic cancelaram dezenas de voos no aeroporto de Heathrow, o maior do Reino Unido. Em Amsterdã e Bruxelas, outros 300 voos foram cancelados. Já a Alemanha suspendeu as atividades dos aeroportos de Frankfurt, Berlim, Munique, Colônia e Hanôver até as 18h (14h em Brasília) desta segunda-feira, 10.

As chuvas também afetaram o sistema de trilhos na Europa. A britânica Network Rail, responsável pela malha do Reino Unido, recomendou aos passageiros evitar o uso do serviço. A alemã Deutsche Bahn prevê problemas nos trens durante todo o dia. Centenas de passageiros passaram a noite em trens parados nas estações.

 

No domingo, um trem que fazia o trajeto entre Amsterdã e Berlim, com 300 a 350 pessoas a bordo, colidiu com uma árvore caída nos trilhos. Depois de duas horas, conseguiu chegar à estação mais próxima. O serviço de balsas no Canal da Mancha, entre o Reino Unido e a Europa, também foi suspenso e não há previsão de voltar a operar normalmente.

Ao todo, 62.000 casas ficaram sem energia durante a tempestade. A França e os Países Baixos elevaram os níveis de alerta para alagamentos no país. Luxemburgo cancelou as aulas, e Bruxelas fechou os parques e adiou a rodada do campeonato de futebol que ia ocorrer no domingo.

Continua após a publicidade
Publicidade