Clique e assine com até 92% de desconto

Talibãs lançam ataques múltiplos em Cabul e outras cidades

Terroristas estão entrincheirados em hotel próximo a embaixadas na capital

Por Da Redação 15 abr 2012, 08h33

Comandos talibãs lançaram neste domingo ataques coordenados com lança-granadas e rifles automáticos na capital afegã, Cabul, e nas cidades orientais de Jalalabad e Pul-i-Alam. Alguns deles ainda estão entrincheirados em prédios nessas cidades.

O chefe da polícia da capital, Mohammed Zahir, disse que um grupo de insurgentes entrou em um hotel, o Cabul Star, que fica perto das embaixadas da Grã-Bretanha, do Irã e da Turquia, e a partir dali começaram a atacar os prédios próximos. “Homens armados estão lançando foguetes e disparando a partir do hotel Cabul Star contra a embaixada da Grã-Bretanha e a residência do embaixador britânico”, afirmou uma testemunha.

Outro policial disse que um segundo grupo de insurgentes está escondido em um prédio em construção nas proximidades do Parlamento afegão, contra o qual estão disparando. Contingentes das forças de segurança afegãs presentes nas imediações dos pontos atacados interromperam o trânsito.

Ao mesmo tempo, pelo menos quatro explosões ocorreram em Jalalabad, capital da província de Nangarhar, onde insurgentes estão atacando uma sede das forças da Otan, declarou o porta-voz do governador regional, Ahmad Zia Abdulzay. Na capital da vizinha província de Logar, Pul-i-Alam, um pequeno comando talibã invadiu um prédio do governo e a partir de lá está lançando seus ataques contra as forças de segurança.

Terrorismo – O movimento fundamentalista islâmico talibã reivindicou esses ataques múltiplos. A tática de ataques múltiplos, lançados por comandos de insurgentes, é uma prática comum dos talibãs, sendo que a capital afegã já foi palco de inúmeros atentados desse tipo. A última grande investida em Cabul ocorreu em setembro. O alvo foi a embaixada dos EUA e o quartel da Otan, com sete mortes.

A Guerra do Afeganistão está em um dos momentos mais sangrentos desde a invasão dos Estados Unidos e queda do regime talibã no fim de 2001. Nesta semana, a insurgência talibã anunciou que planeja uma nova estratégia para sua habitual ofensiva de primavera, quando aumentam os combates no país asiático diante da chegada de um clima ameno.

As forças internacionais começaram em julho a retirada gradual do Afeganistão e a passar a competência da segurança ao Exército e à polícia afegãos. O processo deverá concluir em 2014, se forem cumpridos os prazos previstos.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade