Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Talibã desmente negociações com governo do Afeganistão

Rebeldes talibãs negaram, nesta quinta-feira, que tenham iniciado negociações com o governo afegão, assim como os primeiros contatos para negociações com os Estados Unidos.

O Talibã “repudia fortemente essa declaração do (presidente afegão Hamid) Karzai”, disse o porta-voz Zabiullah Mujahid em um depoimento no site do grupo militante.

“O chefe do governo de Cabul disse, em uma entrevista recente ao jornal Wall Street Journal, que os governos dos Estados Unidos e do Afeganistão iniciaram negociações secretas com o Talibã e que essas conversas foram muito proveitosas”, comunicava o anúncio.

O Talibã afirmou no mês passado que planejava criar um posto político no Qatar para possíveis discussões formais com os Estados Unidos, e que oficiais afegãos e norte-americanos informaram que contatos exploratórios já estão em andamento.

Considerando falso o anúncio de Karzai sobre o envolvimento afegão, Mujahid ressaltou que ainda não foi tomada uma decisão sobre realizar negociações com o que ele descreveu como “impotente” governo de Cabul.

Na entrevista publicada na quinta-feira no Wall Street Journal, Karzai esclareceu que o governo do Afeganistão é parte de um diálogo pacífico entre três partes, com os Estados Unidos e o Talibã.