Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Talibã ataca Parlamento do Afeganistão

Terroristas do grupo explodiram carro-bomba perto do prédio e acabaram mortos em troca de tiros com as forças de segurança; nenhum parlamentar ficou ferido no atentado

Um ataque coordenado do Talibã contra o Parlamento afegão nesta segunda-feira, em Cabul, terminou com a morte de todos os seis terroristas. O grupo explodiu um carro-bomba do lado de fora do prédio e, em seguida, trocou tiros com as forças de segurança ao tentar entrar no local. Os policiais conseguiram evitar a invasão e matar os jihadistas no tiroteio. Nenhum parlamentar ficou ferido.

LEIA TAMBÉM:

Ataque talibã contra hotel de Cabul deixa 14 mortos

Talibãs publicam biografia de seu comandante, mulá Omar

O atentado aconteceu quando o Parlamento afegão votava a nomeação do novo ministro da Defesa do país, Massoom Stanekzai.

De acordo com o ministro do Interior afegão, Sediq Seddiqi, dezoito civis ficaram feridos na tentativa de ataque. Segundo a rede britânica BBC, o ministro detalhou que os talibãs tentaram invadir o Parlamento pelo buraco aberto na explosão do carro-bomba. As forças de segurança rechaçaram o avanço dos jihadistas, que se refugiaram em uma construção vizinha ao prédio e seguiram com o tiroteio até serem mortos.

O Talibã assumiu a autoria do atentado e confirmou que a ação tinha como alvo a votação do novo ministro da Defesa no Parlamento.

(Da redação)