Clique e assine a partir de 9,90/mês

Suu Kyi estreia como deputada no Parlamento de Mianmar

Ícone da democracia, a Nobel da Paz havia adiado sua primeira ida à Câmara

Por Da Redação - 9 jul 2012, 03h07

Após duas décadas de ativismo contra a ditadura e uma histórica eleição em abril deste ano, a Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, ícone da democracia em Mianmar, estreou nesta segunda-feira no Parlamento birmanês, onde será a líder da oposição.

Aos 67 anos, Suu Kyi havia adiado na semana passada sua primeira presença no plenário para descansar da viagem europeia de duas semanas que incluiu paradas na Suíça, Noruega, Irlanda, Grã-Bretanha e França, além de uma visita a seu distrito eleitoral em Kawhmu, situado a 50 quilômetros ao sul de Yangun, antiga capital de Mianmar.

A deputada tomou posse de sua cadeira no dia 2 de maio, mas até agora não tinha comparecido na Câmara Baixa na atual capital, Naypyidaw. Apesar das reformas econômicas e políticas, Mianmar enfrenta graves problemas de desemprego e pobreza, além de conviver com a tensão por causa dos recentes distúrbios entre muçulmanos e budistas no noroeste do país e um conflito armado entre minorias étnicas no nordeste do país.

(Com agência EFE)

Publicidade