Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suspeitos por 11/09 são formalmente acusados em Guantánamo

Os cinco suspeitos de serem responsáveis pelos atentados de 11 de setembro de 2001 foram formalmente acusados neste sábado pela morte das 2.976 vítimas dos ataques nos Estados Unidos.

Diante do tribunal militar na base americana de Guantánamo, o kwaitiano Khaled Sheik Mohammed, suposto cérebro dos atentados, o iemenita Ramzi ben al Chaiba, o paquistanês Ali Abd al Aziz Ali, e os sauditas Walid ben Attach e Mustafah al Hussawi foram acusados de “complô, ataque a civis, assassinato e violação das leis de guerra, destruição, sequestro, terrorismo”.

Caso forem considerados culpados, os cinco enfrentarão a pena de morte.

Durante a primeira audiência do julgamento, os acusados rejeitaram se declarar culpados ou inocentes pelas mortes das vítimas dos ataques de Nova York, Washington e Shanksville (Pensilvânia), e optaram por adiar sua decisão.

Após mais de nove horas de sessão, quatro dos acusados rejeitaram a ata de acusação de 88 páginas que contém os nomes das 2.976 vítimas, enquanto Bin Attach pediu que fossem lidas todas as acusações contra ele.

Esse pedido poderia prolongar por duas ou três horas a audiência de domingo.

Os cinco acusados desafiaram o tribunal militar durante todo o dia em sua primeira aparição pública em mais de três anos.