Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Suspeitos de atirar em menina ativista são detidos no Paquistão

Talibãs assumiram a autoria do atentado em comunicado enviado à imprensa

Por Da Redação 12 out 2012, 17h25

O chefe de polícia de Mingora, Afzal Khan Afridi, informou que um grupo de pessoas foi preso nesta sexta-feira sob a acusação de ter participado do atentado contra a ativista paquistanesa Malala Yousufzai, de 14 anos. O número de pessoas detidas não foi especificado nem suas identidades ou como as autoridades chegaram aos suspeitos.

A menina, que se encontra em estado grave de saúde, foi alvo de três disparos no começo desta semana. O atentado ocorreu quando a jovem saída da aula com as amigas.

Leia também: Viva Malala Yousafzai!

O grupo fundamentalista Talibã assumiu a autoria do ataque em um comunicado enviado à imprensa, dizendo que o atentado foi motivado pela militância de Malala na internet pelo direito das meninas paquistanesas à educação. A marca registrada dos terroristas é atirar na cabeça – como aconteceu com Malala – uma espécie de honraria entre os talibãs.

Saiba mais:

Menina atacada por talibãs é transferida de hospital

Menina atacada por talibãs é operada com sucesso

O ataque teve grande impacto no mundo todo, e especialmente no Paquistão, onde Malala recebeu no ano passado o Prêmio Nacional da Paz por sua defesa da educação das meninas frente aos postulados dos fundamentalistas radicais.

Continua após a publicidade

A jovem paquistanesa ficou conhecida em 2009, quando passou a usar um blog para denunciar a violência cometida pelos membros do Talibã, que costumavam incendiar escolas para meninas e assassinar seus opositores no Vale do Swat, onde fica sua cidade natal.

(Com Agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)