Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Steven Seagal é nomeado enviado especial da Rússia nos EUA

O ator é neto de judeus russos e possui nacionalidade russa desde novembro de 2016; ele deverá ajudar 'nas relações russo-americanas no tema humanitário'

O ator americano Steven Seagal, que desde 2016 possui nacionalidade russa, foi nomeado emissário para as relações humanitárias da Rússia com os Estados Unidos, anunciou no sábado (4) o governo de Moscou.

“Steven Seagal foi nomeado representante especial do Ministério das Relações Exteriores, a cargo das relações humanitárias russo-americanas”, informou a diplomacia russa em sua página oficial no Facebook.

Seu trabalho consistirá em “assistir no desenvolvimento das relações russo-americanas no tema humanitário, inclusive a cooperação no campo da cultura e da arte”.

De acordo com a chancelaria, trata-se de um cargo similar ao de “embaixador de boa vontade da ONU” e que “não prevê uma remuneração”.

As relações entre Moscou e Washington estão em seu pior momento desde o fim da Guerra Fria, lastreadas, entre outras questões, pelas divergências sobre o conflito na Síria e na Ucrânia ou as acusações de ingerência russa nas eleições presidenciais de 2016, uma acusação que a Rússia nega.

Assumido admirador do presidente russo Vladimir Putin, a quem elogiou publicamente como “um dos grandes líderes mundiais vivos”, o ex-astro do cinema de ação americano e especialista em artes marciais nasceu no Michigan, nos Estados Unidos, mas é neto de judeus russos que emigraram para a América. Ele recebeu a nacionalidade russa por determinação do próprio Putin, em novembro de 2016.

(Com AFP)