Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Sonia Gandhi retorna à Índia depois de cirurgia nos EUA

Política indiana passou por intervenção após apresentar febre viral há um mês

Por Da Redação 8 set 2011, 06h40

Sonia Gandhi, a política mais poderosa da Índia e líder do governamental Partido do Congresso, retornou nesta quinta-feira a seu país após submeter-se com sucesso a uma cirurgia nos Estados Unidos. Segundo comunicou um dos secretários do Partido do Congresso, Janardhan Dwivedi, “Sonia Gandhi aterrissou em Nova Déli às 3h de hoje e seu estado de saúde é estupendo”.

Sonia, de 64 anos, passou por uma cirurgia em 4 de agosto no centro Sloan-Kettering de Nova York, especializado na luta contra o câncer, embora em nenhum momento a imprensa oficial indiana tenha apresentado detalhes sobre sua doença. “Este é um assunto pessoal relativo à sua saúde e ao seu tratamento médico. Sua família pede que sua privacidade seja respeitada”, afirmou Dwivedi na oportunidade.

Em 31 de julho, fontes do Congresso citadas pela agência indiana PTI informaram que a presidente do partido estava doente por uma febre de origem viral que a impediu de assistir a uma reunião interna de sua formação política. Durante a ausência de Sonia Gandhi, foi designado um quarteto para dirigir o partido, composto por Janardhan Dwivedi, Rahul Gandhi, A.K. Antony e Ahmed Patel.

Nascida na Itália, Sonia Gandhi lidera a principal dinastia política do país, após o assassinato de seu marido em 1991, o ex-primeiro-ministro Rajiv Gandhi.

A família não guarda parentesco com o líder da independência indiana, Mohandas Gandhi, e sim com a outra referência da emancipação do país, Jawaharlal Nehru.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade