Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Somália volta a ser alvo de ataques terroristas

Duas semanas após ataque que deixou 350 mortos, capital do país soma novas mortes por explosão de carro-bomba

Duas semanas após o ataque que matou 350 pessoas, a capital da Somália, Mogadiscio, voltou a ser alvo de terroristas. Um carro-bomba explodiu diante do popular hotel local Nasa-Hablod, matando aos menos 25 pessoas e deixando 30 feridos. Um ex-congressista e um coronel da polícia somali estão entre as vítimas. Mais duas explosões ocorreram nas proximidades, em uma, o terrorista usava um colete com explosivos.

O capitão Mohamed Hussein disse que mais de 20 pessoas, entre elas funcionários do governo, estariam presas no hotel enquanto ocorriam os confrontos próximo ao palácio presidencial. Três dos cinco suspeitos foram mortos.

Mogadíscio, capital da Somália - 28/10/2017 Explosão de carro-bomba deixa mortos e feridos próximo a um hotel em Mogadíscio, capital da Somália – 28/10/2017

Explosão de carro-bomba deixa mortos e feridos próximo a um hotel em Mogadíscio, capital da Somália – 28/10/2017 (Feisal Omar/Reuters)

O Al-Shabab, grupo extremista islâmico, reivindicou a autoria do ataque deste sábado. Ele não comentou, porém, sobre o grande ataque de duas semanas atrás. Especialistas dizem que o número de mortos foi tão grande que o grupo teria hesitado em reivindicar a autoria por temer perder adeptos somalis.

 

(Com Estadão Conteúdo e EFE)