Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sobrinho de dissidente cego enfrenta julgamento na China

Jovem entrou em briga com policiais para defender o tio, Chen Guangcheng

Por Da Redação 30 nov 2012, 09h41

O sobrinho do ativista cego Chen Guangcheng enfrenta um julgamento na China por agredir policiais que procuravam o seu tio, informou nesta sexta-feira a rede BBC. Segundo a família do ativista, no entanto, Chen Kegui foi atacado pela polícia e agiu em autodefesa.

Leia também:

Leia também: Irmão de dissidente chinês cego também foge de prisão

Chen Kegui é acusado de agredir policiais que procuravam por seu tio
Chen Kegui é acusado de agredir policiais que procuravam por seu tio VEJA

Chen escapou de sua prisão doméstica no começo do ano, e se refugiou na embaixada americana em Beijing. Em seguida, os Estados Unidos ofereceram refúgio ao ativista, que está estudando no país, mas continua preocupado com a segurança de seus familiares que, segundo ele, são perseguidos pela polícia.

O irmão do ativista disse que o seu filho, Chen Kegui, foi agredido pelos policiais e agiu em autodefesa quando a polícia invadiu sua casa e espancou sua família. No entanto, as autoridades alegam que ele atacou os policiais com uma faca. Originalmente, ele foi acusado de ‘homicídio culposo’, e então por ‘lesão intencional’.

Continua após a publicidade
Publicidade