Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sobe para 25 o número de mortos em prisão da Venezuela

Sistema carcerário do país enfrenta problemas devido à superlotação e à lentidão da Justiça. Confronto de domingo matou 24 presos e um visitante

Por Da Redação - 21 ago 2012, 02h04

Subiu para 25 o número de mortos durante um confronto entre facções no presídio Yare I, no sul de Caracas, capital da Venezuela. O incidente aconteceu no domingo, quando os presidiários recebiam a visita de seus familiares. De acordo com a ministra venezuelana de Serviços Penitenciários, Iris Varela, 24 detentos e um visitante morreram no confronto. Varela confirmou, além disso, que há um total de 43 pessoas feridas — 29 presos e 14 parentes.

Segundo a ministra, o episódio teve início no último domingo quando “dois grupos fortemente armados entraram em confronto pelo controle do presídio. “Os responsáveis pelas mortes dentro das penitenciárias terão que responder por isso. Não podem continuar cometendo crimes nas prisões e ficar impunes”, afirmou.

Varela ainda ressaltou que a situação é “muito complexa” no país. “Todos sabemos que as prisões são uma bomba-relógio. Desta forma, o governo assume a responsabilidade que lhe cabe”, apontou, rejeitando as críticas da oposição.

Histórico – A Venezuela passa por uma situação delicada no que diz respeito a seu sistema carcerário. Diversos confrontos foram registrados dentro das prisões nos últimos meses causados pela superlotação e pela lentidão da Justiça do país.

Continua após a publicidade

O governo venezuelano admitiu enfrentar um “grave problema”, apresentando dificuldades para controlar as prisões devido à entrada de armas, embora alegue estar tentando reestruturar o sistema carcerário. Segundo a ONG Observatório Venezuelano de Prisões (OVP), durante o primeiro semestre do ano foram registradas 304 mortes nas penitenciárias do país, o que representa um aumento de 15% em relação ao mesmo período de 2011.

Leia também:

Leia também: Chávez reconhece ‘graves problemas’ em provisão de energia

Publicidade