Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Síria adverte que Exército combaterá quem pegar em armas contra o regime

Ministro alemão de Relações Exteriores culpou diretamente o regime do presidente Bashar al Assad pelo massacre na cidade de Tremseh

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores sírio, Jihad Maqdisi, advertiu neste domingo que “qualquer pessoa que se levantar em armas contra o Estado vai entrar em confronto com o Exército”. A afirmação foi feita em entrevista coletiva para explicar a versão das autoridades sírias sobre o ocorrido na quinta-feira passada na cidade de Tremseh. A oposição acusa o governo de ser responsável pela morte de centenas de pessoas.

Maqdisi assegurou que os militares sírios lançaram uma operação sem usar armas pesadas contra grupos terroristas, “que não acreditam em uma solução política, só na violência”, na qual 37 combatentes e dois civis morreram, sem dar detalhes sobre baixas do Exército.

Repercussão – Neste domingo, o ministro alemão de Relações Exteriores, Guido Westerwelle, culpou diretamente o regime do presidente Bashar al Assad pelo massacre na cidade síria de Tremseh, onde foram assassinadas mais de 200 pessoas na última quinta-feira.

Segundo Westerweller, o regime de Assad utiliza armas pesadas como helicópteros, artilharia e tanques para uma violência cruel, para uma guerra aberta contra seu próprio povo, conforme publicado pelo jornal Bild am Sonntag. O ministro voltou a apelar à comunidade internacional para pôr fim aos crimes do regime de Damasco.

“Isso não deve continuar. A violência só gera violência. Não deve ocorrer um novo Houla ou Tremseh”, afirmou ao lembrar o massacre acontecido na cidade de Houla no dia 25 de maio, quando 165 pessoas foram assassinadas, grande parte delas mulheres e crianças, segundo um relatório da ONU.

Neste domingo saiu a notícia de que o presidente russo, Vladimir Putin, se reunirá na terça-feira em Moscou com o mediador internacional para a Síria, Kofi Annan, para ressaltar o apoio da Rússia a seu plano de paz.

(com agência EFE)