Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Síria acusa Israel por ataque com mísseis contra aeroporto militar

De acordo com agência oficial síria, vários mísseis e um dos aviões, que vinham da Jordânia, foram atingidos; não houve mortos ou feridos

As baterias antiaéreas da Síria responderam a um ataque com mísseis contra a base aérea militar T4 neste domingo (8), na província central de Homs, segundo a agência oficial síria Sana, que acusou Israel de estar por trás do incidente.

A agência indicou que as forças sírias derrubaram vários mísseis e atingiram um dos aviões que vinha da Jordânia em direção ao território sírio, sem oferecer mais detalhes. A base T4, também conhecida como aeroporto militar de Tiyas, acolhe combatentes do Irã e de milícias pró-governo, tanto sírias quanto de outras nacionalidades.

Os aviões, que segundo relatos estavam voando baixo para evitar a detecção, passaram pela área de Al-Tanf, na região síria de fronteira com o Iraque, onde forças dos Estados Unidos mantém uma base.

Segundo o jornal israelense Haaretz, um oficial do Exército sírio disse que os mísseis vieram do sul de Tanf em direção à Homs. De acordo com relatos, cerca de seis mísseis atingiram o solo perto do local, mas ninguém foi ferido ou morto.

No último 9 de abril, Damasco e Moscou acusaram Israel de um ataque lançado contra essa mesma base aérea. Segundo números oferecidos por ativistas, ao menos 14 militares e combatentes aliados do governo sírio morreram durante o episódio. Na época, uma alta autoridade israelense confirmou ao jornal americano New York Times que Israel havia atingido a base.

(Com EFE)