Clique e assine com até 92% de desconto

Síria: 100 desertores mortos ou feridos em confrontos com militares

Por Sezayi Erken 20 dez 2011, 10h43

Cem desertores sírios morreram ou ficaram feridos em confrontos com militares na província de Idleb (noroeste), anunciou nesta terça-feira o opositor Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

“Após confrontos com o Exército regular, uma centena de desertores foram cercados e foram mortos ou feridos no distrito de Yabal al-Zawia”, afirma o OSDH em um comunicado.

“Dezenas de civis, incluindo ativistas, também estão cercados pelo Exército sírio na região”, completa o texto do OSDH, que pediu ao principal dirigente da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, a “agir imediatamente para evitar este possível massacre”.

Al-Arabi anunciou na segunda-feira que uma primeira delegação de observadores árabes viajaria a Damasco esta semana, depois que a Síria autorizou a viagem de observadores ao país.

Segundo o OSDH, entre 60 e 70 desertores faleceram na segunda-feira com tiros de metralhadoras, durante uma tentativa de fuga de seus quartéis.

Continua após a publicidade
Publicidade