Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem recursos, famílias abandonam cães de estimação na Venezuela

Fotógrafo da agência de notícias Reuters registrou situação de dezenas de cães famintos em abrigo precário de Caracas

A crise econômica na Venezuela não afetou apenas adultos e crianças. Com a escassez de produtos básicos, os venezuelanos têm de escolher entre alimentar os membros da família ou o animal de estimação. O resultado é dramático: cães e gatos estão sendo abandonados por famílias que lutam com o acesso limitado a alimentos e medicamentos.

O fotógrafo Carlos Garcia Rawlins registrou imagens de dezenas de cães em situação extremamente precária em um abrigo localizado nos arredores de Caracas. Infelizmente, muitos deles morreram de fome dias após a realização das fotos.

Com ajuda de voluntários, Maria Arteaga, de 53 anos, abriu o refúgio para acolher os cada vez mais numerosos animais de rua famintos da capital venezuelana. Segundo a agência de notícias Reuters, um pacote de 20 quilos de ração custa, em média, o equivalente a 50 dólares (160 reais), quase o dobro do salário mínimo no país.

LEIA TAMBÉM:
Vídeo: Maduro é perseguido por multidão em panelaço na Venezuela
Falta de alimentos provoca morte de animais em zoo na Venezuela

Em um dos principais zoológicos do país, os animais do zoológico estão morrendo de fome. Muitos passam dias sem comer, enquanto leões e tigres são alimentados com mangas e abóboras, a fim de compensar a falta de carne.

Na quinta-feira, 1º de setembro, os venezuelanos foram às ruas para pedir o referendo revogatório do presidente Nicolás Maduro ainda este ano.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. César Augusto

    Esse Maduro deveria ser enforcado. Canalha assassino e narcotraficante.

    Curtir