Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Sem jeito com as crianças, Trump celebra Halloween na Casa Branca

O atual presidente foi muito comparadocom Barack Obama, que parecia se divertir nas celebrações temáticas oficiais

Por Da redação 1 nov 2017, 21h01

Donald Trump organizou recentemente sua primeira festa de Halloween na Casa Branca. Como é tradição entre os presidentes dos Estados Unidos, o republicano e a primeira-dama Melania Trump distribuíram doces para crianças fantasiadas.

Nos últimos anos, as celebrações de Halloween foram destaque nos veículos americanos e internacionais, principalmente por conta das reações divertidas do ex-presidente Barack Obama diante das fantasias dos pequenos. Porém, desta vez a notícia foi a forma embaraçosa e sem jeito com que Trump lidou com as crianças.

O republicano recebeu os filhos de alguns jornalistas credenciados da Casa Branca em sua sala, o Salão Oval, na semana passada. Durante a conversa televisionada, o presidente fez diversas provocações à imprensa e, claramente, não conquistou a afeição das crianças, mesmo com a distribuição de doces.

Trump começa a conversa pedindo para os pequenos se aproximarem de sua mesa, mas as crianças claramente estão constrangidas. Ele então faz sua primeira provocação, dizendo que os jornalistas que os cercam são a “mídia amigável”, porém com um tom bastante irônico.

O presidente então percebe que uma das meninas está chorando e pede que ela se aproxime: “Você está chorando? Venha aqui, querida”. A garota, porém, continua escondida atrás de outras crianças e Trump logo muda de assunto.

Continua após a publicidade

Ele então pergunta para outra menina se ela “vai crescer e ser igual aos pais”. Diante da falta de resposta, ele logo emprega o tom irônico novamente: “Não responda! Essa pergunta vai me arrumar encrenca! ”. Trump então começa a distribuir caixas de doces às crianças. “Vocês não têm problemas de peso né? Isso é uma boa notícia”, brinca o presidente, sem receber nenhuma reação.

No final do encontro, o líder americano provoca mais uma vez os jornalistas. “Parabéns, pessoal. Vocês fizeram um ótimo trabalho”, diz se dirigindo aos repórteres e fotógrafos na sala. “Aqui vocês fizeram um bom trabalho”, afirma apontando para as crianças. “Mas não diria que fizeram tão bom (trabalho) comigo”, completa.

O comportamento de Trump na celebração de Halloween foi muito comparado ao de Obama nos anos anteriores. O ex-presidente fazia muitas piadas com as crianças e recebia boas reações.

No ano passado, Obama cantou para um menino vestido como o cantor Prince e até se jogou no chão para brincar com um pequeno Super-homem.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês