Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seguranças de Hollande esqueceram armas em Paris na viagem ao Rio

Os seguranças do presidente francês, François Hollande, presentes na Rio+20 esqueceram suas armas em Paris, e tinham apenas as mãos para protegê-lo em caso de ataque, indicou nesta terça-feira uma fonte ligada ao caso.

Os membros do GSPR, unidade de elite encarregada da proteção do chefe de Estado francês, carregam consigo geralmente uma maleta contendo armas. Ao chegarem ao Rio em 19 de junho, os guardas se deram conta de que a maleta tinha ficado no Palácio do Eliseu.

Segundo a revista satírica Le Canard Enchainé, a proteção de François Hollande “foi feita com as próprias mãos”.

Após uma investigação, o policial responsável pelo erro teve que deixar o GSPR, não por causa deste equívoco, mas porque teria tentado jogar a responsabilidade em outro membro do GSPR.