Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Secretário do ex-ditador Saddam Hussein é executado

Preso em 2003, Abed Hmud foi condenado por crimes contra a humanidade

Por Da Redação 7 jun 2012, 10h29

O secretário pessoal do ex-ditador Saddam Hussein, Abed Hmud, que foi preso em junho de 2003 e condenado à morte por crimes contra a humanidade, foi executado nesta quinta-feira no Iraque, indicaram as autoridades do país. Em comunicado, o Ministério da Justiça iraquiana confirmou a aplicação da pena de morte de Hmud, a mesma condenação a que Saddam foi submetido no dia 30 de dezembro de 2006.

O secretário do ex-ditador iraquiano foi considerado culpado, em outubro de 2010, pelo assassinato de influentes líderes religiosos no Iraque. O ex-vice-primeiro-ministro Tarek Aziz e o ex-ministro do Interior Sadun Shaker também foram condenados à morte sob a mesma acusação.

Hmud figurava no quarto lugar da lista dos responsáveis do regime de Saddam Hussein mais procurados pelas forças americanas depois da invasão ao país em 2003. Em junho daquele ano, o secretário pessoal de Saddam foi detido em Tikrit, sua cidade natal, localizada no norte do Bagdá. Além da condenação à pena de morte, ele tinha sido previamente condenado à prisão perpétua pelo assassinato de comerciantes durante o embargo econômico da comunidade internacional contra o Iraque na época de Saddam.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade