Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Se não quer se vacinar, nem precisa vir’, diz prefeito de NY a Bolsonaro

Presidente está nos EUA para Assembleia Geral da ONU, que começa na terça-feira

Por Da Redação 20 set 2021, 18h11

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse em pronunciamento nesta segunda-feira, 20, que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro “nem precisa” ir à cidade caso não queira se vacinar, criticando líderes mundiais que viajaram à Assembleia Geral das Nações Unidas mas não receberam as doses do imunizante contra a Covid-19.

“Precisamos mandar uma mensagem para todos os líderes do mundo, incluindo Bolsonaro, do Brasil; Se você pretende vir para cá, você precisa estar vacinado”, disse De Blasio. “Se você não quer se vacinar, nem precisa vir”, acrescentou.

O prefeito também acrescentou que a cidade está oferecendo vacinas gratuitas para todos os líderes e funcionários que participarem da Assembleia Geral, que terá abertura feita por Bolsonaro na próxima terça-feira, 21. Do lado de fora do prédio da ONU também haverá testes rápidos de Covid-19 e um posto de vacinação com o imunizante da Johnson & Johnson, de dose única.

Nesta segunda-feira, Bolsonaro se reuniu com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que questionou se o presidente brasileiro já havia tomado a vacina contra o coronavírus.

Em resposta, Bolsonaro disse que não, e que está com a imunidade alta porque já teve a infecção. Ele é o único líder do G-20 que não quis se imunizar.

Um dia antes, ele foi fotografado enquanto comia pizza na calçada de um restaurante acompanhado por integrantes da comitiva brasileira. Em Nova York, a entrada em estabelecimentos fechados só é permitida com comprovante de vacinação.

Continua após a publicidade
Publicidade