Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sarkozy recebe apoio de Cameron em candidatura à reeleição

Paris, 17 fev (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, recebeu nesta sexta-feira o apoio do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, para as eleições presidenciais que serão realizadas dentro de dois meses, após ter obtido também o apoio da chanceler alemã, Angela Merkel, há algumas semanas.

‘Tenho a sorte de poder desejar boa sorte a meu amigo na batalha que vai começar’, afirmou o primeiro-ministro do Reino Unido após a cúpula bilateral que os dois governantes mantiveram nesta sexta no Palácio do Eliseu.

Apesar das diferenças que os afastaram em algumas cúpulas europeias, Cameron e Sarkozy mostraram uma grande sintonia no encontro de hoje.

‘Admiro a coragem, a liderança do presidente Sarkozy. Acho que fez muitas coisas por seu país. Agora corresponde ao povo francês decidir se ele continua’, acrescentou o premiê britânico.

Cameron destacou que foi a iniciativa de Sarkozy que propiciou a intervenção internacional na Líbia em apoio à população civil que acabou com o regime de Muammar Kadafi.

O primeiro-ministro do Reino Unido declarou, no entanto, que não deve participar da campanha presidencial francesa.

‘Não sei se a minha participação na campanha da França teria os efeitos previstos para meu amigo’, afirmou.

Antes da cúpula de Paris, a imprensa britânica havia indicado que Cameron não receberia o candidato socialista, François Hollande, principal rival de Sarkozy nas eleições e que viajará a Londres na próxima semana.

Sarkozy, que concedeu entrevista coletiva conjunta ao lado de Cameron, agradeceu o apoio do colega britânico.

‘Gosto do apoio de David Cameron. No período atual, ter pessoas que dizem coisas boas de mim não me incomoda’, brincou.

No início do mês, Sarkozy já havia recebido o apoio de Angela Merkel, que também declarou seu respaldo ao final de uma cúpula bilateral no Eliseu.

A dirigente alemã, que tem uma forte relação com o presidente francês, afirmou que apoiará Sarkozy porque ambos pertencem à mesma família política, e criticou a intenção do candidato socialista à presidência francesa de renegociar o tratado europeu.

Nesse contexto, está previsto que Merkel participe de um comício de campanha ao lado de Sarkozy.

O presidente francês oficializou sua candidatura ao Eliseu na última quarta-feira em entrevista transmitida pela televisão.

No momento, Sarkozy está atrás de Hollande nas pesquisas, tanto no primeiro turno, que acontecerá no próximo dia 22 de abril, como no segundo e definitivo, marcado para duas semanas depois. EFE