Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sarkozy chama Netanyahu de mentiroso em conversa com Obama

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu é um “mentiroso”, afirmou o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em uma conversa privada com o colega americano Barack Obama, na quarta-feira da semana passada em Cannes, informa o site Arrêt sur Images.

Nem Israel nem a presidência francesa reagiram por enquanto à publicação dessa conversa confirmada à AFP por vários jornalistas que testemunharam o diálogo entre os dois presidentes.

A Casa Branca evitou responder perguntas sobre o assunto.

“Não posso vê-lo mais, é um mentiroso”, afirmou Sarkozy a Obama, segundo o site especializado em meios de comunicação.

“Você está cansado dele, eu tenho que lidar com ele todos os dias”, teria respondido Obama, segundo o site, que não informa se existe uma gravação do diálogo, que vazou por problemas técnicos no sistema de tradução simultânea.

A organização do evento entregou antes do tempo aos jornalistas os aparelhos que permitiam ouvir a tradução simultânea durante um encontro de Obama e Sarkozy com a imprensa.

De acordo com o Arrêt sur Images, na mesma conversa Obama criticou Sarkozy por não ter informado que a França apoiaria o reconhecimento da Palestina como Estado na Unesco, posição contrária a dos Estados Unidos.

Questionado a respeito, o porta-voz do Ministério francês das Relações Exteriores, Bernard Valero, preferiu não comentar e sugeriu à imprensa perguntar ao Palácio do Eliseu se confirma ou desmente as declarações.

“Tudo isto nos faz perder de vista o essencial”, disse.

“O que queremos é seguir trabalhando para que as coisas avancem no Oriente Médio”.