Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sargento que matou 16 civis afegãos chega aos EUA

Autor do massacre em Kandahar será levado para uma prisão militar no Kansas

O sargento americano Robert Bales, acusado de matar dezesseis civis afegãos, incluindo nove crianças, foi transferido na noite desta sexta-feira de uma base no Kuwait para a prisão militar de Fort Leavenworth, no Kansas, segundo informações das redes de televisão dos EUA.

Confirmado como o autor do massacre por autoridades americanas, Robert Bales tem 38 anos, é casado e pai de dois filhos pequenos, de 3 e 4 anos. Desde seu alistamento, uma semana depois do 11 de Setembro de 2001, o militar teve três passagens pelo Iraque e servia pela primeira vez no Afeganistão.

O advogado do atirador, John Henry Browne enfatizou, em declaração à imprensa americana, que seu cliente não tinha rancor em relação a afegãos. Ele afirmou ainda que Bales sofreu um ferimento sério causado por um colega um dia antes do massacre. Um oficial do Pentágono, ouvido pelo jornal The New York Times, afirmou que o sargento americano havia ingerido bebida alcoólica antes da chacina.

Protesto – A decisão do governo americano de transferir o atirador para uma prisão dos EUA causou revolta entre a população afegã. Na última quinta-feira, mais de 1.000 pessoas saíram às ruas no Afeganistão para exigir um julgamento público do sargento no país árabe.

(Com Agência France-Press)