Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Santorum vence no Kansas, ‘coração conservador’ dos EUA

Por Por Joe Stumpe - 10 mar 2012, 19h13

O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Rick Santorum, conservador e católico próximo à Opus Dei, venceu neste sábado o caucus de Kansas (centro), informaram as autoridades, apesar de Mitt Romney continuar liderando a corrida no nível nacional.

“Felicito Rick Santorum por vencer o caucus de Kansas. Também agradeço a todos nossos candidatos por sua dedicação para terminar com o mandato falido (do presidente) Barack Obama”, disse em um comunicado Reince Priebus, presidente do Comitê Nacional Republicano.

Com 63% dos votos contabilizados após o encerramento da votação, o ex-senador da Pennsylvânia (nordeste) Santorum liderava amplamente com mais de 53%, contra 17% para Romney, 16% para o ex-presidente da Câmara dos Representantes Newt Gingrich, e 13% para o congressista Ron Paul.

“Estamos muito emocionados. Acredito que isso mostra que o Kansas é a pedra angular dos verdadeiros conservadores dos Estados Unidos”, disse à AFP Brandon Rubkin, diretor de campanha de Santorum no Kansas.

Publicidade

Apesar da vitória de Santorum, Romney tem a vantagem no nível nacional, e ainda não foi definido de forma definitiva o candidato republicano que disputará a Casa Branca com Obama nas eleições de novembro.

Nem o moderado Mitt Romney, mórmon, que lidera até agora a corrida presidencial republicana, nem Newt Gingrich fizeram campanha no Kansas, preferindo centrar-se em Mississippi e Alabama (sul), onde as primárias ocorrerão na próxima terça-feira.

Estes dois estados aportarão 90 delegados, algo mais interessante que os 40 delegados do Kansas. Também nesta terça-feira o Havaí organiza seu caucus, que conta com uma cota de 20 delegados.

Lora Coix, uma das responsáveis do Partido Republicano no condado de Sedgwick, Kansas, afirmou que por ser o coração conservador dos Estados Unidos “muitos eleitores conservadores” votariam nesse estado.

Publicidade

No entanto, em Mississippi e Alabama, localizados no chamado “cinturão bíblico”, onde a religião e a política dão as mãos, Santorum poderá alçar-se como vencedor, segundo Charles Franklin, professor da faculdade de direito da Universidade Marquette, em Wisconsin (norte).

“O fato de que Santorum seja muito conservador em matéria social joga a seu favor com os eleitores do ‘Velho Sul'”, disse Franklin à AFP.

Feroz opositor do aborto e do casamento gay, Santorum já venceu em Tennessee, outro estado do sul, durante a “Super Terça”.

No entanto, “se alguém olhar o estilo dos candidatos, Newt Gingrich por sua longa história no sul é mais atraente que Santorum e seu estilo de ‘homem do norte’ dos Estados Unidos”, argumentou Franklin.

Publicidade

Uma pesquisa publicada na sexta-feira pela empresa Rasmussen Reports no Alabama com 750 potenciais eleitores republicanos deu 30% de intenção de voto a Gingrich, frente a 29% a Santorum e 28% a Romney. O texano Ron Paul ficava bastante atrás com 7%.

Entretanto, o bilionário Romney proclamou-se vencedor no caucus realizado neste sábado nas ilhas de Guam e Marianas do Norte, com o qual assegurou o apoio dos 18 delegados em jogo nestes territórios americanos do Pacífico, de acordo com o site oficial do pré-candidato.

Guam, que abrigará 4.700 fuzileiros navais americanos que serão transferidos de Okinawa, sul do Japão, considera o fortalecimento militar como uma alternativa de salvação econômica.

Matt Romney, filho de Romney enviado para lá para reforçar a campanha, afirmou que seu pai é “a favor de ter um exército forte”.

Publicidade

Tanto esta ilha como as próximas às Marianas do Norte têm status de “território americano não autônomo” e, apesar de seus habitantes contarem com cidadania, não podem votar nas eleições presidenciais.

Porém, podem votar para escolher os delegados que os representarão nas convenções partidárias.

Outro caucus também era organizado nas Ilhas Virgens (Caribe).

O candidato que enfrentará o presidente Barack Obama em novembro será o que conseguir o apoio de 1.144 delegados dos 2.286 que se reunirão na Convenção Nacional Republicana em Tampa (Flórida), de 27 a 30 de agosto.

Publicidade

Por enquanto, Romney lidera a corrida com cerca de um terço dos delegados, depois das primárias e caucus realizados desde o início de janeiro em 25 estados do país.

Publicidade