Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Santorum agita as primárias nos EUA ao obter três vitórias

Por Por Mira Oberman 8 fev 2012, 07h56

O candidato ultraconservador Rick Santorum agitou a corrida para a candidatura republicana à Casa Branca ao vencer as três consultas organizadas na terça-feira no Missouri, Minnesota e Colorado, onde Mitt Romney registrou uma surpreendente derrota.

A vitória de Santorum deixa em evidência a desconfiança que uma parte da base republicana tem em relação a Romney, principal favorito até o momento para enfrentar o presidente Barack Obama em 6 de novembro.

O outro grande perdedor é o ex-presidente da Câmara de Representantes Newt Gingrich, que até agora representava a alternativa conservadora para o moderado Romney.

Rick Santorum venceu o caucus no Colorado com 40,2% dos votos, na frente de Mitt Romney (34,9%), Newt Gingrich (12,8%) e Ron Paul (11,7%), anunciou Ryan Call, dirigente do Partido Republicano neste estado do oeste ao canal CNN.

Esta vitória significa uma surpresa importante em um estado no qual há quatro anos Mitt Romney, o grande favorito destas primárias, ganhou facilmente e onde as pesquisas o apontavam como vencedor.

Rick Santorum também venceu nos caucus em Minnesota com uma vantagem muito confortável ante seus adversários.

Neste estado do norte, Mitt Romney ficou, inclusive, em terceiro lugar, atrás de Ron Paul, segundo os resultados obtidos em 86% das seções eleitorais.

Mais ainda, no Missouri, onde a primária não tem grande importância, pois os eleitores devem voltar a votar dentro de algumas semanas, Rick Santorum obteve uma significativa vitória com 55% dos votos, superando Mitt Romney (25%).

Newt Gingrich não estava inscrito neste estado.

Antes que os resultado fossem conhecidos no Colorado, Mitt Romney já havia saudado a vitória de seu adversário.

Continua após a publicidade

“Foi uma noite boa para Santorum”, declarou Romney. “Mas estou diante de vocês disposto a conduzir o partido e dirigir a nação”, enfatizou no discurso ante seus partidários.

Conhecido os resultados, os comentaristas americanos voltaram a questionar as razões da impopularidade de Mitt Romney, a quem a revista Time consagrou sua capa em dezembro com o título “Por que não me querem?”.

“Que noite para Santorum e que desastre para Romney”!, declarou à AFP o analista político Charles Franklin, do site internet pollster.com.

“Esta vitória dá maior importância a ele na Super-Terça (de 6 de março)”, acrescentou.

Rick Santorum também parecia surpreso com o sucesso.

“Sim! A corrente conservadora está bem viva e muito saudável no Missouri e Minnesota!”, exclamou ante seus partidários.

Mitt Romney, que desde o início das primárias em janeiro venceu três consultas, continua sendo no entanto, o favorito, principalmente porque dispõe de meios e de uma organização muito superior a de seus adversários.

Mas o êxito de Santorum pode complicar seu trabalho, ainda mais se ele conseguir o voto dos republicanos ligados ao movimento ultraconservador do Tea Party.

A eleição primária republicana acontece estado por estado, onde a cada candidato é atribuído um número de delegados.

O candidato que obtiver o maior número de delegados é indicado pelo partido em sua convenção em meados do ano para enfrentar o presidente democrata Barack Obama em 6 de novembro.

As próximas primárias ocorrerão no Arizona (sudoeste) e Michigan (norte) em 28 de fevereiro, antes da “Super-Terça”, em 6 de março.

Continua após a publicidade
Publicidade